17 abril de 2018
Aposta SOLIDWORKS para 2018 são os serviços na nuvem
 

A intenção da empresa é de adequar o software às necessidades do usuário.

Em busca de suprir as necessidades dos clientes, hoje, a SOLIDWORKS oferece licenças em rede e standalone. Porém, com a grande quantidade de pessoas viajando a trabalho e passando horas ou até semanas, longe do escritório, veio mais uma novidade, a possibilidade de trabalhar em nuvem.

Ao perceber que o projeto de desenvolvimento de produtos não é mais feito de forma linear, a empresa se dedicou a isso, permitindo que usuários possam iniciar seus projetos em tablets e depois, continuá-los em seus laptops (detalhamento) e finalizar no desktop.

Resumindo, a interação se tornou muito importante, gerando a capacidade de iniciar os esboços em tablets e iPads, dar a continuidade em laptops, já com a interação de terceiros e podendo compartilhar esse projeto e depois, já no escritório, finalizar este em um desktop, que suporta simulações e renderizações. A questão não é só a de usar qualquer dispositivo, em qualquer lugar e a qualquer momento, mas sim a de continuar esse projeto depois, onde você estiver.

Dentro da nuvem, essa comunidade de desenvolvedores podem estar on-line em várias partes do mundo, como no caso de multinacionais com engenharias diversas em diversos lugares do mundo, se beneficiando desse compartilhamento de informação através da plataforma 3D Experience.

Tais soluções têm como objetivo, além de auxiliar quem já utiliza o software, agradar e contribuir para novos usuários que queiram migrar para plataforma. Essa é uma nova aposta da SOLIDWORKS para o ano de 2018.

Fonte: Blog da Engenharia e SOLIDWORKS