19 março de 2018
Empresa utiliza SOLIDWORKS para criação de maquinários e equipamentos para fabricação de calçados
 

Consolidada no mercado, empresa mostra ganho de 30% na produtividade ao implementar a ferramenta CAD, além de contar com a integração ERP.

Desde 1981, a MECSUL Máquinas e Equipamentos desenvolve e fabrica máquinas para indústrias fabricantes de calçados no Brasil e dentro da América Latina. Neste segmento, a empresa possui uma enorme gama de máquinas para linha de montagem e é considerada a líder de mercado. Diante de tamanha demanda, a MECSUL passou a utilizar o SOLIDWORKS para automatizar e personalizar algumas atividades da engenharia.

Por se destacar no comércio de equipamentos 100% customizáveis às exigências do cliente, a empresa possui um grande envolvimento no setor de engenharia, em que se inicia desde a geração de orçamentos até a entrega das máquinas.

Junto ao SOLIDWORKS, a engenharia desenvolve projetos em 3D e apresenta esses ao cliente, para em seguida criar todo o detalhamento e enviar a máquina para fabricação. Para esta etapa, os engenheiros cadastram as peças e conjuntos no sistema ERP, alimentando as fichas técnicas de cada item. Este processo é feito com o auxílio do SOLIDWORKS PDM, integrado ao sistema ERP.

A praticidade para se utilizar peças já desenhadas em diversas máquinas diferentes e a garantia de montagem de inúmeras peças, além da integração, permite que os produtos já nasçam e sejam cadastrados em seguida, fator que facilita o trabalho dos projetistas, o que permite foco total na criação e não em atividades burocráticas e repetitivas.

Além disso, o SOLIDWORKS facilita na hora de estimar custos de máquinas que ainda não foram nem sequer projetadas por inteiro. E, com o processo automatizado, tarefas como criação de desenhos de corte a laser e criação de PDF’s dos projetos são todas feitas sem a necessidade do envolvimento de trabalho manual.

Os principais benefícios alcançados pela empresa, com o SOLIDWORKS, passam por versatilidade e facilidade na criação de diferentes projetos, simplicidade na hora de se ter peças comuns para diversas máquinas, nível de controle, detalhamento de qualidade, diminuição de erros, qualidade de informações e a simulação de movimentos e espaço, o que aumenta o índice de acerto no projeto.

A MECSUL se caracteriza como uma empresa que sempre busca aumentar os índices de produtividade, reduzir custos desnecessários, reduzir as chances de erro e aumentar a confiabilidade. Além de economizar tempo, a integração PDM + ERP gerou um ganho de produtividade de cerca de 15% em relação aos projetistas e 30% em relação ao profissional de PCP. A relação entre PDM e ERP é simples e prática, fácil de operar e sem muitos processos. Com poucos cliques é possível confirmar importações.

Segundo o gerente administrativo, Vilmar Martins, “queremos chegar no 100% da integração, deixando tudo automatizado, para assim garantir total confiabilidade.”

O gerente administrativo enxerga a parceria como algo importante para ambas as partes, tanto IST, quanto MECSUL. “É fundamental que empresas de software tenham forte presença nas indústrias hoje em dia, pois sabemos que no cenário atual, as indústrias devem se modernizar e não parar no tempo. E não é segredo que as empresas de software geralmente estão a frente neste aspecto.

Para encerrar, Vilmar ressalta a importância e qualidade do serviço prestado pela IST e na possibilidade de expandir ainda mais esse relacionamento, gerando ainda mais oportunidades.