04 maio de 2018
A Internet das Coisas está mudando a produção no mundo
 

Com a conectividade cada vez maior entre as coisas, para você ser relevante no mercado, é preciso que seus produtos sejam conectados.

Usado para descrever uma situação em que coisas, objetos, casas, carros e etc estão conectados, a Internet das Coisas (IoT) coleta e transmite dados entre si. A ideia não é novidade, já que surgiu na década de 90. Quer um exemplo básico? Celulares conectados a carros ou relógios que monitoram os dados do usuário.

A maioria das empresas fazem produtos que seguem uma linha de produção em que se fabrica, embala, vende e envia para o consumidor. A empresa só vai ouvir falar desse produto novamente caso ele apresente algum defeito ou quebre. Mas se este estiver conectado gerará dados a todo momento. Dados esses que podem ser valiosos caso você saiba como usá-lo.

Uma vez tendo a IoT, a produção se torna mais complicada, já que não é apenas questão de conexão, mas também o gerenciamento e a análise dos dados, o que vai proporcionar uma nova abordagem.

Esses produtos conectados estão há mais de 25 anos no mercado, o que comprova a aceitação da indústria, clientes e de pessoas de modo geral. Até porquê a conectividade agrega aspectos sociais relacionados à aceitação total de tecnologia.

Conquistando espaço por partes, a Internet das Coisas foi, inicialmente, o desenvolvimento de modelos, seguido pela conexão de alguns objetos. O próximo passo que estamos vivendo é a conexão de tudo, o que nos passa a ideia de que, para você ser relevante no mercado atual, precisa que seus produtos sejam conectados.

Dentro do SOLIDWORKS há construção, simulação e produção. Dentro da fase de produção, existe mais três processos: idealização, construção do projeto e gerenciamento. Essa última é a mais relacionada a Internet das Coisas, já que consiste em realmente gerenciar o produto.

Hoje, a conectividade é mais aceita e cada vez mais nos tornamos dependentes da tecnologia. E, pensando assim, quanto mais aceitamos a tecnologia, mais ela avança. Quando um produto IoT é feito é necessário, inicialmente, fazer com que ele seja socialmente aceito. Conectar produtos é o futuro, é a transformação que está acontecendo e, não ter um produto conectado fará com que uma empresa se torne irrelevante.